Um diretor é contratado por uma grande produtora para realizar a missão de selecionar um ator nordestino que possa interpretar com maestria um personagem… nordestino! Depois de vários testes e entrevistas, dois atores vão para a final e o diretor tem sete semanas para deixá-los prontos para a última fase. Durante a preparação, os atores refletem sobre sua identidade, cultura, história pessoal e descobrem que ser e viver um personagem nordestino não é tarefa simples.

Vencedora do Prêmio Shell de Melhor Dramaturgia e do Cesgranrio de Melhor Espetáculo, entre outros, “A Invenção do Nordeste” aborda o surgimento e a trajetória histórica da região nordeste, propondo a desconstrução da imagem estereotipada do nordestino. Motivada por reações xenófobas, manifestadas na internet durante as eleições de 2014, a atriz Quitéria Kelly encontra, na obra de Durval Muniz de Albuquerque Júnior, um ponto de partida para refletir as divisões sociais brasileiras. Durval é historiador e autor do livro: “A Invenção do Nordeste e Outras Artes”.   

Durante a pesquisa, o Carmin mergulhou nos mecanismos estéticos, históricos e culturais que contribuíram para a formação de uma visão reducionista do Nordeste brasileiro. A partir daí, Pablo Capistrano e Henrique Fontes escreveram uma autoficção onde um diretor é contratado por uma grande produtora de fora do Nordeste para preparar dois atores norte-rio-grandenses na disputa pelo papel de um personagem nordestino. Durante a preparação, a identidade nordestina entra em cheque. Afinal, existiria apenas uma identidade nordestina?

UMA OBRA ORIGINAL: Grupo Carmin de Teatro
ANO DE PRODUÇÃO: 2017
DATA DE ESTREIA: 04 de agosto de 2017
DURAÇÃO: 60 minutos
CLASSIFICAÇÃO INDICATIVA: 12 anos

ELENCO: Henrique Fontes*, Robson Medeiros*, Mateus Cardoso*
DRAMATURGIA: Henrique Fontes e Pablo Capistrano (inspirada livremente na obra “A Invenção do Nordeste e outras artes” do historiador Durval Muniz de Albuquerque Júnior)
DIREÇÃO: Quitéria Kelly
PRODUÇÃO GERAL: Quitéria Kelly
PRODUÇÃO EXECUTIVA: Mariana Hardi
DESENHO DE LUZ: Pedro Fiuza
DRAMATURGIA AUDIOVISUAL: Pedro Fiuza
DIREÇÃO DE ARTE E CENOGRAFIA: Mathieu Duvignaud
FIGURINO: Quitéria Kelly
MÚSICA ORIGINAL: Gabriel Souto; Toni Gregório
ASSISTÊNCIA DE DIREÇÃO: Pedro Fiuza
CONFECÇÃO DE FIGURINO: Kátia Dantas
EDIÇÃO DE VÍDEO E DESIGN DE ANIMAÇÃO: Juliano Barreto
OPERAÇÃO DE LUZ: Pedro Fiuza*
OPERAÇÃO DE SOM: Elenco
OPERAÇÃO DE CÂMERA E VÍDEO: Elenco
DIREÇÃO DE PALCO: Daniel Torres (2018-2019)
CONTRARREGRAGEM: Elenco
CENOTECNIA: Irapuan Júnior
TÉCNICA DE MONTAGEM: Anderson Galdino e Grupo Carmin
COREOGRAFIA E PREPARAÇÃO CORPORAL: Ana Cláudia Viana
PREPARAÇÃO VOCAL: Gilmar Bedaque
CONSULTORIA DE PESQUISA: Durval Muniz de Albuquerque Júnior
DESIGN GRÁFICO: Teo Viana (2017); Vítor Bezerra (2018)
XILOGRAVURA: Erick Lima
SLAM CORDEL: Daniel Minchoni
LOCUÇÃO: Daniele Avila Small (“diretora carioca”) e Giovana Soar (“diretora paulistana”)
GRUPO CARMIN (2017): Quitéria Kelly, Henrique Fontes, Pablo Capistrano, Pedro Fiuza, Mariana Hardi, Daniel Torres, Robson Medeiros e Mateus Cardoso

* Elenco/equipe de estreia

link